Saiba Mais

Mediação: construção, escolhas e possibilidades

Andrea Ferrarini – quarta-feira, 19 de julho de 2017

Dizem que o conflito é inerente ao homem e que desde pequenos vivenciamos situações conflituosas sendo necessário para suprir ou solucionar tais conflitos mediarmos em diversas ocasiões do nosso cotidiano.

A mediação, também chamada de método alternativo de resolução de conflitos (ADR, sigla em inglês para Alternative Dispute Resolution) vem sendo buscada por muitos como uma ferramenta para resolução de uma determinada disputa, necessidade ou conflito.

Apesar da mediação não ter como finalidade ou resultado o acordo, é preciso dizer que dentre os demais mecanismos disponíveis e conhecidos, seja na via conciliatória, arbitral e até mesmo na via judicial, a mediação possibilita a construção de um caminho elaborado por seus próprios protagonistas.

Durante o processo de mediação, os protagonistas, acompanhados ou não de seus advogados, conseguem com frequência estabelecer um diálogo positivo, desenhando assim opções e alternativas, buscando construir pontes outrora não vislumbradas ou mesmo necessidades não atendidas até então.

Através deste rico processo percebemos a transformação dos próprios protagonistas que, utilizando-se das vantagens e peculiaridades deste instrumento, podem com liberdade e confiança tornar possível a realização de suas escolhas.

Olhando os mesmos protagonistas durante a mediação, observamos que a busca por soluções para suas expectativas podem ser alcançadas e que a elaboração de uma agenda construtiva, pode sim, levar ao tão almejado acordo.

____________________

*Andrea Ferrarini é mediadora do Instituto de Mediação Luiz Flávio Gomes.