Saiba Mais

Inauguração do Cejusc marca nova fase na mediação de conflitos no Oeste da Bahia

O Tribunal de Justiça da Bahia inaugurou na tarde desta quinta-feira (20/07), o Centro Judiciário de Solução Consensual de Conflitos (Cejusc), que em parceria com a Prefeitura de Barreiras será responsável pela realização de sessões, audiências de conciliação e mediação, pré-processual e processual, com intuito de tentar a conciliação em feitos que já tramitam nas varas de competência Cível, de Família, de Consumo e Agrária.

A solenidade realizada no Fórum Tarcilo Vieira de Melo foi aberta pela presidente do Tribunal de Justiça, a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago e contou com a presença do governador da Bahia Rui Costa, prefeitos, vereadores, juízes, representante dos produtores rurais, o Bispo Dom Josafá Menezes, advogados e servidores.

Conforme a desembargadora Maria do Socorro Barreto Santiago, a criação do Cejusc foi um preito apresentado pela associação dos produtores rurais com apoio de dois poderes constituídos do estado com iniciativas voltadas a reduzir os litígios possessórios na região, dívidas, serviços de orientações em casos de família, dentre outros casos. Em seu discurso, a desembargadora destacou a importância do novo serviço.

“O atendimento no Cejusc vai trazer celeridade para a solução de problemas da população. O Tribunal de Justiça está aqui hoje para instalar a unidade, como forma de mediar primordialmente as discórdias agrárias, embora também deva atuar em demandas que envolvam outros interesses”, explica a desembargadora, parabenizando ainda a todos que colaboraram com a implantação do Cejusc.

Para o governador, o Cejusc representa um enorme avanço, marca nova fase na mediação de conflitos no Oeste da Bahia.  “A instalação dessa junta de conciliação representará um importante passo para se evitar conflitos no Oeste da Bahia. Precisamos encontrar sempre soluções rápidas para uma região que cresce e se desenvolve”, disse Rui Costa.

O juiz Ronald de Souza Tavares Filho, titular da 1ª Vara Cível e Comercial da comarca é o coordenador do Cejusc. A supervisão dos trabalhos ficará por conta da procuradora do município, Rosana Carmo Briglia. Os interessados devem procurar pelos serviços de segunda a sexta-feira. A unidade funcionará em dois turnos, das 8h às 12h, e das 14 às 18, no Fórum da comarca.

Fonte: http://jornalgazetadooeste.com.br/noticias/inauguracao-do-cejusc-marca-nova-fase-na-mediacao-de-conflitos-no-oeste-da-bahia/